CDDH registra aumento na procura por curso de formação para jovens

Por Juliana Oliveira em 12.03.2015

Em 2015 foram mais de 100 inscritos para participar do Projeto Florescer: Arte-Educação, Cidadania e Ecologia, o que representa quase 30% a mais do que no último ano.

Devido ao crescimento da procura, a equipe do Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis (CDDH)  irá disponibilizar este ano, cinco vagas a mais do que o previsto. Após a fase de seleção, que termina na próxima sexta-feira (13/03), os 35 jovens selecionados começam a participar das oficinas realizadas no contraturno da escola.

A iniciativa foi criada em 1997, com o objetivo de oferecer aos jovens de comunidades da periferia da cidade, novas visões de mundo e perspectivas de inserção social. Desde então o projeto já formou mais de 10 turmas de jovens com idades  entre 13 e 17 anos.

Através do trabalho de uma equipe interdisciplinar, o projeto prevê a realização de atividades voltadas para jovens residentes da periferia do município de Petrópolis, que estejam matriculados na rede pública de ensino. São oferecidas oficinas sobre diversas temáticas, tais como direitos humanos, educação ambiental e práticas agroecológicas, língua portuguesa, psicologia, espanhol, história, gênero e cidadania, entre outras.

As atividades do projeto acontecem anualmente, entre os meses de março e dezembro, na própria sede da organização.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                   

                                                                                       Jovens reunidos na formatura da turma de 2014 do projeto Florescer