Moradores da BR-040 ocupam a Câmara para pedir ajuda contra as ordens de demolição

Manifestação: moradores da BR-040 ocupam o seu lugar dentro da Câmara Municipal de Petrópolis para pedir ajuda contra as ordens de demolição

Na tarde da terça-feira (14/08) os moradores que vivem às margens da BR-040- Rodovia Juiz de Fora-Rio de Janeiro, se manifestaram dentro da câmara municipal de petrópolis afim de pedir apoio do legislativo municipal e da comissão de Direitos Humanos (Comissão Permanente de Esporte, Lazer e Defesa dos Direitos Humanos) presidida pelo Vereador Leandro Azevedo (PSD) contra as violações de direitos cometidas contra eles, pela concessionária que administra a estrada, CONCER, e que a todo momento os ameaça e o judiciário expede novas ordens de demolições.

Os moradores da BR-040 estão cada vez mais preocupados com as novas ordens de demolição, alem da violência psicológica, ressaltamos a grande injustiça social que esses moradores sofrem, onde a garantia dos direitos fundamentais é duramente esquecida e colocada de lado pelo interesse dos mais poderosos.

Atualmente temos grandes estabelecimentos comerciais às margens da rodovia. Para ricos e poderosos o critério de direito e faixa de domínio é flexibilizado. Mais uma vez os pobres pagam a conta!

A Federação, o Estado e o Município encontram-se com défict habitacional cada vez maior. Em Petrópolis, há tentativas de colocar mais famílias às margens da sociedade (cada vez mais excludente), embora essas famílias possuam suas casas, e já residam nelas há mais de 30 anos.

O Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis (CDDH), através do projeto Assessoria Jurídica Popular, acompanha a luta dessas famílias e apóia a manifestação em prol da garantia do direito à moradia e moradia digna.