'Petrópolis recebe encontro de coros que cantam sobre direitos humanos'

Data:05.11.2015

Veículo: Site G1

Fonte:http://g1.globo.com/rj/regiao-serrana/noticia/2015/11/petropolis-recebe-encontro-de-coros-que-cantam-sobre-direitos-humanos.html

 

05/11/2015 12h00 - Atualizado em 05/11/2015 12h00

Petrópolis recebe encontro de coros que cantam sobre direitos humanos

Evento será sexta (6) no Palácio de Cristal e sábado (7) na Igreja Luterana.
Apresentações são gratuitas e abertas ao público.

 

Do G1 Região Serrana

Coro Nheengarecoporanga promove encontro de coros em Petrópolis (Foto: Divulgação/CDDH)Coro Nheengarecoporanga trabalha com jovens
de projetos do CDDH (Foto: Divulgação/CDDH)

A cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, será palco para a terceira edição do encontro de coros com um objetivo em comum: cantar a história e a luta pelos direitos humanos. As apresentações acontecem nesta sexta-feira (6), no Palácio de Cristal, e sábado (7) na Igreja Luterana, sempre às 19h. O evento é gratuito e aberto ao público.

Idealizado pelo Centro de Defesa dos Direitos Humanos (CDDH), o III Encontro de Coros pelos Direitos Humanos tem como anfitrião o Coro Nheengarecoporanga. Criado em 2009, o grupo é formado por jovens remanescentes de projetos do CDDH, a maioria moradores das periferias do município. Hoje, o coro se transformou em um dos núcleos do Projeto ArticulAção, que integra o Programa Arte- Educação e Direitos Humanos, também da organização.

O evento terá a participação do Madrigal Contemporâneo (RJ), do Coral Vozes Nucleares (Eletronuclear), do Coral Instituto Cervantes, do Coro Cant' Vox, do Coral Todo Tom (Mariana, MG) e do Coral Roda Viva (Conselheiro Lafaiete, MG), todos empenhados em dar voz à garantia dos mais diversos direitos do ser humano.

Diante das diversas transformações vividas hoje por sociedades no mundo inteiro, o maestro do Nheengarecoporanga, Carlos Eduardo Völker Fecher, acredita que falar sobre os direitos humanos é uma necessidade que se mantém em pauta de urgência e esta é uma das metas do trabalho desenvolvido pelo coro.

Para ele, que idealizou o encontro de coros, as pessoas precisam, cada vez mais, se sensibilizar com a temática dos Direitos Humanos e a música pode ser um caminho para que isto aconteça. Cada coro vai se apresentar individualmentes e no programa estão peças como “El sueño grande” e “Diário da Jovem Morta”.

O Palácio de Cristal fica na Rua Alfredo Pachá, s/n, e a Igreja Luterana de Petrópolis está localizada na Avenida Ipiranga nº 346, ambos no Centro Histórico. Mais informações podem ser obtifas pelo telefone (24) 22422462.