'Semana da Verdade' em Petrópolis, RJ, termina nesta quinta-feira

Data:07.04.2016

Veículo: Site G1

Fonte: http://g1.globo.com/rj/regiao-serrana/noticia/2016/04/semana-da-verdade-em-petropolis-rj-termina-nesta-quinta-feira.html

 

07/04/2016 09h20 - Atualizado em 07/04/2016 09h20

'Semana da Verdade' em Petrópolis, RJ, termina nesta quinta-feira

Evento relembra o período da Ditadura Militar no Brasil.
Peças teatrais, ações nas escolas e exposição marcam o último dia.

 

Do G1 Região Serrana

Membros da Comissão da Verdade foram empossados no dia 1ª de abril (Foto: Divulgação/PMP)Membros da Comissão da Verdade foram empossados no dia 1ª de abril (Foto: Divulgação/PMP)

A Semana da Verdade, Memória e Justiça termina nesta quinta-feira (7) em Petrópolis, Região Serrana do Rio. O evento, organizado pela Comissão Municipal da Verdade (CMV), tem o objetivo de relembrar o período da ditadura e as graves violações aos direitos humanos que cometidas na época. Peças teatrais, ações nas escolas e uma exposição irão marcar o último dia da programação, a partir das 17h, na Praça da Liberdade.

O evento começou na última sexta-feira (1º), após os membores da comissão receberem posse. Nesta quinta-feira (7), durante a manhã, ações nas escolas irão debater o período da ditadura e as suas consequências. Na Praça da Liberdade, a partir de 17h, haverá uma exibição do Coral Nheengarecoporanga, do Centro de Defesa dos Direitos Humanos (CDDH) e a reapresentação da peça teatral “O trombone e o fuzil”.

Outra apresentação que está programada para o encerramento é a apresentação de um grupo musical, com canções que marcaram a ditadura. Também será feita a leitura de uma carta aberta do grupo organizador da Semana, solicitando à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República o andamento do processo de desapropriação da Casa da Morte.
 
Os organizadores já comemoram o sucesso da primeira Semana da Verdade, Memória e Justiça. “Podemos dizer que a primeira edição foi um grande sucesso e vai ficar marcada pela participação das pessoas, fomentando o debate a respeito deste assunto. Esperamos que o encerramento siga com o mesmo clima dos dias anteriores”, disse o integrante da Comissão Municipal da Verdade, Roberto Schiffler Neto.