Seminário propõe debate sobre o extermínio de jovens negros no Brasil

Por Juliana Oliveira

Evento elaborado pelo CDDH e pela Reju acontece nos dias 15 e 16/08 em Petrópolis.

Há 50 anos o golpe civil-militar deixava uma marca permanente na história do Brasil. A época de repressão, caracterizada pela violação de direitos humanos, produziu resquícios de violência que se mantêm na sociedade atual. Em 2014 diversos movimentos sociais e entidades se organizaram em des (comemoração) aos 50 anos do golpe, buscando trazer à tona a verdade e a luta por justiça.    

Com o objetivo de  colocar em pauta a herança deixada pelos 'anos de chumbo' na atualidade, o Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis (CDDH-Petrópolis) e a REJU- Rede Ecumênica da Juventude do Rio de Janeiro, em parceria com a UNIGRANRIO, realizam nos próximos dias 15 e 16 de agosto, o seminário ‘Sobre os Projetos de Extermínio: da ditadura às juventudes negras no Brasil’.

Nos dois dias de atividades gratuitas serão realizadas mesas de debate, apresentações artísticas, além da troca de experiências e informações.


O evento é voltado para o público em geral e acontecerá na sede do CDDH- Petrópolis ( Rua Monsenhor Bacelar, 800, Centro- Petrópolis-RJ). Entre os participantes já confirmados estão o presidente do CDDH- Petrópolis, Leonardo Boff, o professor da UNIGRANRIO, José Geraldo, e Nadine Borges, atual presidente da Comissão da Verdade do Rio de Janeiro (CEV-Rio).
 
Vale lembrar que serão emitidos certificados (pela Unigranrio), para quem participar de mais de 70% das atividades.
 
 Confira a programação e participe:
 

Dia 15/08
19h: Abertura
         Apresentação Cultural:  Coro Nheengarecoporanga
19h30: Mesa de apresentação das Instituições (CDDH, REJU, UNIGRANRIO) 

20h: Fala de Leonardo Boff


Dia 16/08
9h: Apresentação Cultural:  Sarau de poesia
9h30: Discussão da temática 
                                                                                                                      Componentes da mesa: Nadine Borges (CEV- Rio), José Geraldo (UNIGRANRIO) e Rafael Coelho  (CDDH-Petrópolis)

11h: Grupos de discussões (a partir das experiências dos participantes e das falas dos convidados)
12h30: almoço
14h: Apresentação cultural : Projeto do Morro (Dança de Rua)
14h30: Relatos de experiências de movimentos  sociais
15h30: Mesa de debate: ‘Gente que está fazendo...’ Movimento Negro
16h30: Construção da carta do evento
17h00: Apresentação cultural:  ‘Grupo de Funk CDDH’
17h30: Encerramento